13 setembro, 2015

O som do coração


Tenho uma regra em relação aos treinos. Se não estou bem por algum motivo, não vou correr. Seja por estar com cólicas ou com a cabeça cheia. Gosto de me doar 100% à corrida.

Por conta disso, dificilmente um treino sai ruim. Mesmo que eu não atinja o ritmo programado, sei que tentei o meu máximo. Como sou amadora e não vivo do esporte, me dou ao luxo de correr assim. Free run por essência.

Na tarde de ontem sai de casa para o meu longão de sábado e decidi percorrer um caminho já conhecido. Gosto de andar pelas ruas do bairro e passar pelos pontos que provocam em mim certa admiração. Seja por um pinheiro centenário ou uma praça arborizada. 

Não me recordo bem como corri do km 8 ao km 11, mas fui tomada por uma explosão de sentimentos bons. Tamanha alegria acabou transbordando em lágrima. Acredito que quando chegamos a este estado é que percebemos que realmente estamos correndo. O ritmo das passadas coincidem com som do coração. Foi um dos melhores treinos da minha vida.

"É no silêncio da corrida que me encontro comigo mesmo. Passo uma, duas horas, sem falar nem ouvir os outros, atento ao ritmo das respirações, às contrações dos músculos das pernas, às pisadas, às mudanças de velocidade e as dores que porventura apareçam, contato com corpo impossível de manter durante os afazeres diários". (Correr, Drauzio Varella)

Forte abraços e bons km's!!

8 comentários:

  1. Lindo post! Uma linda semana Helena, um beijão!!!! ♥

    ResponderExcluir
  2. Inspirador!! é por isso que amo correr!
    Sou free Run Tbm!!! Adorroooo!!
    ótimos treinos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada como decidir como, onde e quando se quer correr. Isso é libertador.
      Bons treinos pra nós, pra nós!!

      Excluir
  3. É a tal da endorfina que nos dá essa sensação, os sentimentos bons são causados por ela que melhora o humor da gente e aumenta a disposição física e mental. Às vezes tô correndo sozinha e me pego sorrindo pro nada, deve ser a endorfina fazendo o trabalho dela.
    Beijo,
    Dani.
    Blog Dani Corredora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Dani. Adoro quando estamos correndo e nos jogamos nos pensamentos. O processo de correr parece como estar levitando de tão automático. Me sinto super conectada. Adoro essa sensação. Vale cada passada. beijos

      Excluir

Obrigada por visitar o Blog Correndo de bem com a vida!
A participação de vocês é o principal incentivo para continuar escrevendo.
Sempre respondo os comentários. Volte aqui depois e veja sua resposta. =]

Um Abraço e bons treinos.
Helena Clebsch Vidal

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...